sobre

Em 2016

a Énois criou o Manual de Diversidade no Jornalismo, um guia aberto para orientar redações e escolas de jornalismo a se atentarem para a importância de um olhar diverso, com riqueza e pluralidade de perspectivas. Após o lançamento, fomos chamados para falar sobre o guia em universidades, redações e coletivos de comunicação.

Essa experiência nos levou a buscar caminhos práticos – e apoio – para as redações fazerem um jornalismo mais representativo.

Começou com uma pesquisa qualitativa sobre percepção da diversidade na imprensa, ouvindo mais de 30 organizações, jornalistas e intelectuais ligados à diversidade para fazer um diagnóstico de onde e como é possível fortalecer e incluir a diversidade.


5 PILARES  


Definimos 5 pilares da diversidade estratégica, áreas das organizações que precisam ser estruturadas a partir da representatividade.


Produto é a embalagem final da informação jornalística. O formato de entrega pode ir de um rap, um grafite, um texto, até um site, um app, um podcast, um jornal. Por trás do dele está todo o processo de produção jornalística: pauta, apuração e edição, e inclui cobertura e recorte.


Audiência é o público que recebe a informação, é alcançado e empoderado pelo conhecimento do que está acontecendo no mundo. Tem a ver com conexão com as pessoas, escuta, diálogo, compreensão das necessidades, distribuição de informação e regionalização.


Equipe é quem faz o jornalismo, as pessoas, suas visões de mundo, crenças, objetivos, vivências e como se veem, veem o mundo pra daí falar sobre ele. Aqui tratamos de questões como contratação, plano de carreira e treinamentos.


Cultura é o modo como nos comportamos nas redações, nos grupos fazendo jornalismo, como cuidamos uns dos outros enquanto trabalhamos em informar. Como falamos, como escutamos, como apoiamos, como somos transparentes e cobramos e informamos também no microcosmo dos que são os produtores de informação.


Gestão é a engrenagem que sustenta a produção do jornalismo e permite que ela aconteça em uma organização, não de forma individual. É como se organiza, relaciona, planeja e financiam as empresas, os coletivos e organizações que produzem jornalismo. Está ligado à sustentabilidade.

Organizamos a Caixa de Ferramentas jornalísticas de acordo com esses pilares.

E há também o Índice de Diversidade, um caminho de prática de diversidade, com métricas e ações traçadas com base em testes e pesquisas que fizemos com redações de diferentes perfis, entre elas a da Folha de S. Paulo.

Cultura
Audiência
Equipe
Gestão
Produto