Estratégias para concorrer a editais de financiamento do jornalismo

Tempo de leitura: 4 minutos

Objetivos

. Desenvolver estratégias para concorrer a editais de financiamento

. Desenhar e narrar projetos que chamem a atenção do financiador e sejam condizentes com a missão da organização

. Encontrar financiadores para apoiar os seus projetos de jornalismo

Referência

As redações do The News & Observer e do The Herald-Sun, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, tinham uma limitação financeira para custear projetos de jornalismo e para enviar repórteres e editores para treinamentos e conferências no exterior. Então, a organização começou a buscar bolsas e editais de financiamento de reportagens e projetos, mas descobriu que não era tão fácil vencê-lo, que necessitava investir em uma estratégia de comunicação e preenchimento dos formulários. Dessa forma, a instituição adquiriu conhecimento em escrever propostas, apresentar ideias, ler contratos e gerenciar projetos, como contou Jane Elizabeth, editora-chefe do The News & Observer e do The Herald-Sun, ao Better News

Resultados

. Aumento da quantidade de aprovação em editais

. Financiamento de reportagens, projetos e treinamentos

. Criação de um guia com melhores práticas para concorrer a editais

Como medir

. Taxa de sucesso / fracasso na aprovação em editais

. Valor captado por meio de editais e projetos financiados

Passo a passo

Monte uma equipe diversificada. A sua organização precisará de uma equipe com múltiplas habilidades para preencher todos os documentos necessários. Caso você não tenha essa equipe, o ideal é recorrer a amigos/profissionais que saibam sobre cada ponto solicitado no edital. Um especialista em contratos poderá te ajudar a interpretar a linguagem jurídica, te dirá quando acender o sinal de alerta, o que merece um pedido de revisão. Alguém da área de publicidade e marketing te ajudará a entender qual a melhor forma de gerenciar o projeto, como rastrear grants e  como manter contato com os financiadores e potenciais financiadores.

Fortaleça vínculos com a sua audiência. É preciso mostrar para os financiadores, para a redação e para a sua audiência porque você precisa do financiamento externo, quais as metas e resultados que espera a partir dele. Você pode convidar a audiência para explicar o que tem feito, quais os seus planos e como pretende financiá-los, o que pode ser feito com a ajuda de repórteres e editores.

Diretório. Monte um diretório (que pode ser uma tabela, uma lista, como preferir) de bolsas de estudos, editais de reportagens e editais públicos e privados de financiamento. Nele, coloque a organização responsável, a missão ou foco daquele financiador, os dados de contato, os prazos para envio dos documentos e do que se trata aquele financiamento. Isso te ajudará a monitorar novos editais abertos, prazos encerrando e potenciais financiadores ainda desconhecidos da sua organização. Você pode seguir este exemplo do  Local Media Association. 

Assine newsletters. Faça assinatura de newsletters de potenciais financiadores e organizações de jornalismo, para saber como elas têm financiado seus projetos e para estar a par do lançamento de novos editais.

Informe-se. Busque informações sobre outros projetos financiados pela mesma fundação ou organização com quem você está buscando estabelecer um vínculo de financiamento. Isso pode ser feito no site da instituição ou em uma busca rápida na internet. Volte neles com frequência, para estar sabendo das atualizações. Essa também é uma forma de descobrir que tipos de projetos eles não financiam. 

Prepare uma apresentação. Mesmo que você ainda não tenha um financiador em mente, faça uma apresentação curta (de até sete slides) do que é a sua organização e/ou projeto para qual tem interesse de receber financiamento. Isso te ajudará a concentrar esforços quando encontrar o edital ou parceiro.

Documento base. Tenha um documento base que responda às perguntas que sempre se repetem nos editais, como o histórico da organização, missão e perfil da equipe. Isso te ajudará a poupar tempo na hora de se inscrever em um novo edital. E cuide para sempre ter as informações atualizadas.

Cuide do financeiro. Você precisa ter um financeiro bem organizado, para demonstrar que tem como comprovar os gastos, se necessário, posteriormente, aos financiadores ou caso eles peçam, com antecedência, dados financeiros sobre a sua organização.

Carta de autorização. Quando o dinheiro vem por meio de uma bolsa de reportagem, é comum que os financiadores peçam uma carta de autorização do veículo de comunicação, que pode ser assinada por um editor ou chefe direto. É importante ter também um documento base pronto, que será atualizado de acordo com a pessoa, o projeto e o financiador.

Métricas e impacto.  Tenha também um documento com as principais métricas e impactos da sua organização, esses dados e histórias ajudam a fortalecer a sua proposta e a justificar o interesse do financiador no seu projeto.

Tenha cuidado ao preencher o edital. Para prencher um edital de financiamento, é preciso tomar alguns cuidados, para que a sua proposta chame a atenção de quem irá bancar a sua ideia. Entre os cuidados, estão:

  1. Pense em quem irá ler: quem vai ler a sua proposta irá estar diante de uma grande planilha com vários outros projetos, por isso o seu precisa se destacar. Faça um texto claro e objetivo.
  2. Cuidado com a descrição breve: geralmente os editais de financiamento pedem uma descrição breve, de até 250 palavras, sobre o seu projeto. Vá direto ao ponto nela e certifique-se de que o texto está alinhado com as metas e interesses do financiador – e, antes disso, do propósito da organização e do projeto.
  3. Atente-se às palavras escolhidas: busque palavras que também são usadas pelo financiador ao descrever suas metas e objetivos, isso pode demonstrar um alinhamento entre vocês. 
  4. Salve seus envios: mesmo que você não pense em repetir a inscrição daquele projeto em outro edital, é importante guardar os seus envios porque isso pode te ajudar a economizar tempo em uma eventual nova inscrição.
  5. Tenha um orçamento base, onde possa descrever o valor por área ou item, em reais e dólares.

Links 

https://betternews.org/raleigh-news-observer-shares-playbook-how-to-write-a-grant-gannett-mcclatchy-table-stakes/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content