Como distribuir o conteúdo de uma newsletter nas redes sociais

Tempo de leitura: 4 minutos
Objetivos

. Distribuir o conteúdo de uma newsletter nas redes sociais

. Fortalecer a newsletter como canal de diálogo com a rede/comunidade

. Aumentar o alcance do conteúdo produzir em uma newsletter

Referência

A newsletter, um e-mail informativo recorrente enviado a uma audiência específica e interessada,  é uma ferramenta de veiculação de informação e opinião muito importante para as redações, principalmente as locais. Através dela, são transmitidas experiências, matérias e impactos. Na Énois, nós temos a Diversa, a news que investiga e mapeia diversidade no jornalismo no Brasil e no mundo

A Diversa tem o objetivo de compartilhar os conhecimentos produzidos e experimentados pela Énois para sua rede de jornalistas, educadores e outros profissionais que acreditam que a diversidade é importante para o jornalismo. É um pequeno veículo de informação, onde falamos diretamente com cada um e cada uma das pessoas que estão cadastradas em nosso mailing (lista de contato de e-mails).

A Diversa é escrita pela equipe e por pessoas que fazem parte da rede da Énois. Reúne relatos pessoais, reflexões e ensaios sobre experiências com jornalismo e diversidade. O conteúdo da Diversa também é direcionado para os públicos das redes sociais. Assim, as seções da newsletter viram cards, stories e guias no Instagram e um fio no Twitter. Os stories ficam salvos como destaques no Instagram, assim nossos seguidores novos podem se inteirar das edições anteriores. Por fim, as guias com as publicações feitas permitem que mesmo quem não é assinante da Diversa, ou não usa e-mail, possa ler nosso conteúdo na própria rede social, ou no nosso site.

Resultado

. Aquisição de novos assinantes

. Alcance de possíveis doadores recorrentes

. Ter mais ferramentas e estratégias acessadas por jornalistas locais 

. Redes alimentadas e permitindo que mais pessoas acessassem algo que ficava restrito 

. Identificação, solidariedade e representação, sentimentos chave para solidificar uma rede

. Fortalecimento da newsletter como canal de diálogo com a rede/comunidade

. Fortalecimento da comunidade da Énois

. Maior alcance de divulgação do conteúdo

Como medir

. Dados do Instagram para metrificar o impacto nas redes sociais

. Porcentagem de abertura e cliques (ajuda a entender quem são as pessoas que realmente se interessam)

. Engajamento e interação das pessoas com o conteúdo publicado no Twitter

. Acessos na página da Diversa no site a partir das redes sociais

Passo a passo

A newsletter. Esse é um tipo de comunicação que funciona a partir de um e-mail informativo recorrente, enviado a uma audiência específica e interessada. Analise se faz sentido para seu projeto ou organização adotar o esforço de manutenção, produção e divulgação de uma newsletter.

Linha editorial. Ao decidir criar uma newsletter, um primeiro passo é definir a linha editorial. Sobre o que você quer falar, como gostaria de se comunicar e quem será o seu público são perguntas importantes a serem respondidas. A partir daí, você pode fazer uma boa estratégia de divulgação para o lançamento e depois angariar assinantes. 

Observe e faça um diagnóstico de sua newsletter. Qual é o objetivo? Quem são as pessoas que recebem? O que queremos com esse conteúdo? Como ele colabora com a minha redação? Como ele colabora com o jornalismo? Estruture as pautas e as seções de modo a responder essas perguntas.

Estruture a sua newsletter. Fazer tópicos, subtítulos, seções e pensar no design ajuda muito na hora de construir o texto. Dividir o conteúdo em seções torna a comunicação mais fluida e ainda faz com que a news se desdobre em peças de comunicação externas como o Instagram. 

Faça pontes. Chame pessoas da sua comunidade e da sua equipe para escrever a news. Assim, elas vão trazer perspectivas diferentes para o conteúdo e ajudar a trazer engajamento e público para o mailing geral e para as publicações nas redes. Pague para essas pessoas (se puder)! R$ 200 por texto, por exemplo, é um bom começo. 

Escolha uma das seções para construir um post. E nessa postagem, a legenda deve ser complementar! Exemplo: faça um passo a passo nas imagens que arrastam pro lado e, na legenda, escreva sobre a news, explique como as pessoas podem assinar, e qual a importância do assunto para o jornalismo. Alguns exemplos aqui embaixo:

Tweet tem 240 caracteres, não se esqueça! Atualizou, mas ainda é pouca palavra para o tanto que a gente faz. Por isso, readeque sua postagem para o Twitter, lembrando que hastags e gifs vão bem. Na Diversa, costumamos colocar o link para o texto do site no final das postagens. 

Edite o texto para o Guia. Lançado em maio de 2020, o Guia é um espaço que permite uma publicação estilo blog. Desde novembro, está disponível para todos os tipos de perfil na rede. Infelizmente, ele tem um limite de palavras ((máximo de 50 caracteres por título; 54 caracteres máximos no título de cada post; 2.199 caracteres para a descrição de cada guia). Por isso, edite o texto da newsletter para ficar mais enxuto, dinâmico e pontual. Nos nossos guias, dividimos a Diversa em dois ou três textos de até 500 palavras cada. Escolha a postagem do passo a passo já publicada no seu feed, e faça seu Guia. Lembre também que não é obrigado a usar todas as funcionalidades da rede. Pode ser um Reels, pode ser uma postagem no Facebook, o que tiver mais a ver com o público, sempre lembrar disso.

Ache um espaço no seu site para a newsletter. O conceito aqui não é privar a informação, mas priorizar. Quem assina o mailing recebe primeiro a news, mas e quem não assina? Além de publicar o conteúdo nas redes, publique no site para que mais gente possa fazer referência à news e mais público chegue até o texto.

Agradeça a quem escreveu. Independentemente de ser uma pessoa de sua equipe, redação ou uma convidada, agradeça quem escreveu a news trazendo os dados de quantas pessoas leram o texto dela e incentive essa pessoa a seguir contribuindo com a sua organização. Por aqui tem funcionado. 

Exemplos da nossa rede. Conheça outros exemplos de como as redações estão distribuindo conteúdo nas redes sociais e podem te ajudar a pensar em referências para o seu trabalho. Alguns exemplos das redações integrantes do programa Diversidade nas Redações:

Reportagem produzida pelo Nonada Jornalismo,  link do vídeo falando sobre o conteúdo teve 1,239 visualizações no Instagram.  

Título: Charqueadas ignoram passado escravocrata e promovem festas em Pelotas.  

https://www.instagram.com/tv/CPDk81sgnxZ/?utm_source=ig_web_copy_link


Matéria do Plural Jornalismo, virou umas tiras no canal Reload.

Título: Projeto tabuleiro  

https://www.instagram.com/p/CP5um22BJ26/?utm_source=ig_web_copy_link


Matéria em Formato de Cordel, texto e vídeo no Youtube, produzido pelo Congresso em foco e a repórter Thaís Ellen

Título:  Cédulas e Balas: A medocracia miliciana

https://congressoemfoco.uol.com.br/especial/cedulas-e-balas-a-medocracia-miliciana/

Links

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content